Este site utiliza Cookies

A NUTRICIA utiliza cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência de navegação e os nossos serviços, através da análise da navegação no nosso website. Ao fechar esta mensagem e continuar a navegar no nosso website, aceita a sua utilização de acordo com a nossa política de cookies, excepto tenha desactivado ou bloqueado os cookies.

AVC/Disfagia

A disfagia é um sintoma caracterizado pela dificuldade na deglutição e que afecta mais de metade dos doentes no pós-AVC. Pode ser reversível e ter a duração média de 6 semanas pelo que deve ser rastreada e monitorizada de forma a evitar as complicações associadas: malnutrição, desidratação e pneumonia de aspiração (infecção que resulta da passagem dos alimentos e saliva para as vias respiratórias – aspiração).

A terapêutica nutricional para o tratamento da disfagia passa por espessar todos os alimentos líquidos, incluindo a água, e semi-sólidos de forma a garantir uma deglutição segura. A propriedade de resistência à amilase salivar do espessante é a característica que permite manter a consistência dos alimentos espessados na boca, e assim, evitar que se forme uma fase líquida na boca que pode induzir graves riscos se for aspirada para as vias respiratórias.

1. Wirth R. et al. Guideline clinical nutrition in patients with stroke. Exp & Transl Stroke Med. 2013; 5(1):14
2. Gomes F et al. Risk of Malnutrition on admission predicts mortality, length of hospital stay And hospitalisation costs at 6 months post stroke. Stroke. 2014; 45: A63